Espiritos do Luar é baseado nas histórias e lendas das tribos Cherokee, Wappo e Karok. Os nomes são inventados e a história em si é ficcionada.
Quinta-feira, 30 de Setembro de 2010

Midnight Howl - Cap 12 - 2ª Parte

Neela

 

Jacob tinha-me beijado e eu não me podia sentir melhor. Estava à espera daquele momento há algumas semanas mas nunca tive coragem de ser eu a dar esse passo. Ele era tão querido e olhava-me de uma maneira... Era impossivel descrever. Parecia que se movia comigo, eu mexia-me um milimetro e ele justava a sua posição à minha, como se tivessemos em sintonia, era incrivel. Já para não mencionar que era bastante atraente!

Coloquei-me na ponta dos pés para me chegar mais a ele e ele apertou os braços em volta da minha cintura, suportando um pouco do meu peso, puxando-me para junto dele. Ele era tão quente! Achava estranho, não era uma temperatura normal mas não lhe queria perguntar o porquê de ser assim, podia ofendê-lo. Mas apesar de tudo, não conseguia deixar de pensar nele. Desde aquela festa na praia que Jacob não me sai da cabeça, era como se não pudesse viver sem ele, o que era ridiculo... Mas era assim que me sentia.

Quando estava com Jacob tudo era diferente. Parecia que o resto do mundo deixava de existir, só era ele e eu ali, juntos. O que se sucedeu com o beijo, esqueci-me por momentos que estavamos numa festa. Não queria que aquele momento acaba-se. Mas eventualmente tivemos de respirar e Jacob afastou-se mas não muito, apenas o suficiente para me deixar respirar. Encostou a sua testa quente á minha e sorriu. Eu retribui colocando os meus braços em volta do seu pescoço, com as mãos na nuca.

Não foi preciso dizer nada, sabia perfeitamente o que aquele beijo significava: estava a apaixonar-me por Jacob.

 

Jacob

 

Olhei nos olhos da minha pricesa, do meu amor e sorri. Nem podia acreditar que tinha ganho coragem para a beijar, tinha receado aquele momento mais do que ser atacado por um bando de vampiros! Mas ela não me afastou, aliás tinha-se aproximado ainda mais. E para muita estranheza minha não se tinha incomodado pelo meu calor. Talvez tivesse achado estranho mas não me perguntou nada.

Estava a rebentar de alegria! Esta festa ia ser melhor do que esperava. Passámos o resto da noite a dançar, mas sempre a "namoriscar" um com um outro, roubando um beijo aqui, um beijo ali... Ao final da noite, Neela levou-me par casa. Fomos em silêncio o caminho todo, mas não foi um silêncio constrangedor. Foi um silêncio natural, sem haver necessidade de meter conversa. Neela parou o carro em frente a minha casa e eu olhei para ela.

- Obrigado por me convidares para ir contigo. - disse-lhe, sorrindo.

- Tinha de te compensar, não foi nada demais. - respondeu-me, sorrindo também.

- Pois, isso é verdade. - sorri.

- Bem...dorme bem. - disse-me e aproximou-se para me dar um beijo na bochecha mas eu troquei-lhe as voltas. Peguei no seu queixo a meio do caminho e beijei-a outra vez. Já a tinha beijado 3 vezes esta noite, porque não mais uma?!

- Tu também. - disse-lhe a sorrir, saindo do carro.

 

Ela esperou que entrasse e depois foi para casa. Sentia-me mais leve que uma pena! Estava num bom caminho para a conquistar de vez. Fui tomar um banho antes de dormir, para tirar o pó, a tinta e os brilhantes. A minha banheira nos primeiros minutos parecia um arco-iris de tantas cores que sairam do meu cabelo. Esfreguei bem a cabeça com o champô e à segunda lavagem já tinha saido quase tudo.

Sequei-me e vesti os meus calções para dormir e deitei-me. «Best night ever...»

 

**

 

De manhã, acordei com o sol a entrar entre as persianas. Fiquei um bocado deitado, pensando se tinha sido tudo um sonho mas depois vi as minhas roupas manchadas no chão e soube que tinha sido verdade. Sorri. Tinha de contar tudo á Cameron, ela ia-se passar. Mandei-lhe uma mensagem a combinar um almoço no chinês e levantei-me. Vesti umas calças deganga clara, uma tshirt castanha escura e as minhas sapatilhas. Comi o meu pequeno almoço e saí. Tinha de ir ás compras, o meu frigorifico estava a correr o risco de ficar vazio.

Fui ao mini-mercado a alguns quarteirões de distância (a pé) e comprei as coisas essenciais, qualquer dia morria de fome! No total enchi dois sacos e voltei para casa com um em cada mão. Chegado a casa, arrumei tudo nos respectivos lugares e olhei para as horas. Fogo já era meio dia e meia. A Cameron devia chegar a qualquer momento, o tempo passava a voar quando a minha cabeça estava noutro sitio.

Cameron apitou e eu saí.

- Peludo!

- Piolha! - rimo-nos.

- Então chinês não é?

- Sim senhora. - disse-lhe e lá fomos para o restaurante.

 

Sentamo-nos numa mesa para duas pessoas num canto do restaurante para conversarmos à vontade. A Cam encomendou para ela e eu...bem, encomendei para uma familia inteira! Coitado do empregado, teve de trazer uma mesa de suporte para caber tudo na mesa.

- Então, que me querias contar babe? - perguntou-me Cam, enquanto bebia o seu sumo.

- Beijei a Neela. - disse. A Cam paralizou o copo a meio caminho e olhou para mim de boca aberta. - Cam, reage!

- Tu o quê?

- Beijei a Neela. - repeti.

- No way! A sério???

- Sim. - ri-me.

- Mas isso é óptimo, OMG!

 

E desatou num discurso de estar orgulhosa de mim, bla bla bla. Estava a achar piada ao entusiasmo dela por ter beijado uma rapariga mas nunc apensei que fosse esta a reacção dela! Contei-lhe como tinha sido o resto da noite, com a maioria dos pormenores, ela queria saber tudinho. Enquanto falávamos iamos comendo, de pauzinhos claro.

- Bem e qual éo próximo passo peludo?

- Ainda não sei bem, daí também ter combinado um almoço contigo. As tuas opiniões têm me dado bastante jeito portanto, que dizes?

- Hum sinto-me lisongeada.

- Parva. - deitei-lhe a lingua de fora.

- Tu gostas. Bem, visto que já deste o primeiro passo, o beijo, devias convidá-la para sair mais vezes. Uns almoços, festas e voltar a tentar o jantar no Trattoria.

- Hum ok. - ouvi com toda a atenção.

-Vais conquistando-a e quando achares que está seguro, perguntas se quer namorar contigo e voilá!

- Não é uma má ideia...

- Claro que não. Fui eu que sugeri ehehe.

 

(...)

Depois do almoço fui com a Cameron á baixa de NY, ela precisava de comprar umas coisitas (bem, coisonas!!) e queria companhia. Passei a maioria da tarde com a tola da minha melhor amiga e foi demais, já tinha saudades das nossas tardes, era uma palhaçada o dia todo. Depois tivemos de ir para casa. Quando cheguei a casa tinha uma mensagem no atendedor e ouvi.

 

"Sr. Black, o seu carro já está arranjado, pode vir buscá-lo ainda hoje."

 

Ai que óptimo, odiava ter de pedir boleia a toda a gente. Chamei um táxi e fui à oficina buscar o meu carrinho. Como ainda eram seis horas, fui até à pria, ver se havia ondas. Infelizmente, estava um bocado fraco hoje, no entanto o pessoal estava todo lá, portanto fui para a beira deles. Estavamos todos na conversa quando passou o grupo de surfistas do dia anterior, do verme que tinha abordado Neela. Ele olhou para mim e eu retribui com um olhar feroz, que o fez desviar de caminho, para o passeio do outro lado. «Isso, é melhor afastares-te.»

Voltei à minha conversa com os rapazes até que fui interrompido por um telefonema. Olhei para o ecrã e vi que era a Neela. Sorri imadiantamente, o que não passou despercebido a ninguém.

- Uuuuuuuhhhh é a tua dama? - perguntou Dean.

- Ela não é a minh dama. Por enquanto. - riram-se e eu afastei-me para atender o telemovel.

- Estou? - disse.

- Jake?

- Sim sou eu.

- Olá. Olha, estive aqui a pensar, e queria-te perguntar se gostavas de tentar aquele jantar outra vez?

- Claro. Quando é que te dá jeito?

- Amanhã, no Trattoria?

- Prometes não me deixar plantado? - gozei.

- Claro que não, porque vens-me buscar a casa, meu caro.

- Mas eu não sei onde moras... - lembrei.

- Eu mando-te as indicações por mail. Bem, vemo-nos amanhã. - despediu-se.

- Até amanhã.- disse, sorrindo.

 

Desliguei e fui logo bombardeado com piropos dos meus amigos, a gozarem e a rirem-se. Ri-me com eles, estava com boa disposição depois destas ultimas 24h. Estava tudo a correr bem, mais que bem. Mal podia esperar pelo dia seguinte...


publicado por Suky ♥ às 18:13
link do post | Light Me | favorito
Copyrights including the content and design of this blog

.About Me

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Espiritos do Luar - Cap 6

. Espiritos do Luar - Cap 5

. Espiritos do Luar - Cap 4

.arquivos

.links

.Nuvens

estetica em
contador free