Espiritos do Luar é baseado nas histórias e lendas das tribos Cherokee, Wappo e Karok. Os nomes são inventados e a história em si é ficcionada.
Domingo, 5 de Dezembro de 2010

Midnight Howl - Cap 32 - 2ª Parte

Navid

 

Heidi fechou a porta do salão e eu fiquei especado a olhar para a porta, sem saber o que dizer, fazer ou pensar. Partíamos amanhã?! O quê? A partida original estava marcada para daqui a quase uma semana!! Entrei em pânico. E se Alice não viu a recente decisão de Aro?? E se chegássemos lá e eles não estivessem preparados para nos enfrentar, para se defender? Eu não estava decididamente pronto para contar a verdade ao Aro, de modo a travar aquela trapalhada toda, estava a contar com mais uma semana para pensar!

Levantei-me e dirigi-me ao meu quarto o mais rápido que pude, abrindo as portas ao longo do caminho com a mente, para não perder tempo. Cheguei ao meu quarto e fechei a porta. Andei de um lado para o outro como  uma barata tonta durante um pedaço. Passava constantemente as mãos no meu cabelo castanho, o que conseguiu que eu ficasse com ele mais despenteado do que já era costume. Estava desesperado. Tinha que arranjar um plano, já!

Mas infelizmente por muito que pensasse, nada me surgia e ao fim de quase uma hora, desisti, deitando-me, derrotado, na minha cama. Enterrei a cabeça na almofada, desejando que me pudesse asfixiar. Mas matar-me não era tão simples...infelizmente. Ouvi passos a aproximarem-se da minha porta e não gostei do que ouvi. Bateram á porta e abriram-na mesmo antes de eu dar autorização.

- Navid, que pensas que estás a fazer? - perguntou Jane, confusa.

- Descanso. Estou com dores de cabeça. - respondi, secamente, virando-me de barriga para cima, de modo a vê-la.

- Pois. Bem vim-te avisar que partimos amanhã para Forks. Deduzi que ainda não tivesses sido informado. - disse muit séria.

- Já soube, a Heidi contou-me.

- Sabes o que tens a fazer não sabes? - perguntou-me.

- Como assim? Pensei que já tivesse feito tudo o que era suposto...

- Hum és tão ingénuo Navid. Como sabes Caius planeia destruir Aro para ficar no comando dos Volturi.

- Sim sei, e então?

- Como também sabes, Caius não tem poderes, o que o irrita bastante. Sendo assim, não pode enfrentar Aro. - disse ela.

- Ok...e onde é que eu entro nessa história? - perguntei, já receando a resposta.

- Tu, meu caro Navid - disse Jane aproximando-se. - vais matar Aro, no calor da batalha. Toda a gente irá pensar que foi um mero..."acidente".

- Eu vou fazer o quê?! Vocês são completamente loucos! - ripostei, levantando-me violentamente.

- Ou isso, ou morres tu. Achas mesmo que o Caius ia retirar o trono a Aro sem o destruir literalmente? Se não destruir o seu irmão, claro que nunca iria conseguir a posse do trono. Ás vezes és mesmo tapadinho Navid. - riu-se baixinho. Eu ainda estava em estado de choque portanto não lhe respondi. - Não fiques com essa cara querido, não fica bem nem aos imortais.

 

Virou costas e retirou-se do meu quarto, fechando a porta atrás dela. Voltei a sentar-me na cama, com o olhar totalmente focado no nada. Estava em demasiado choque para ver o que quer que fosse a não ser várias imagens imaginadas na minha cabeça, dos possíveis cenários, tanto da nossa chegada como da minha nova missão suicida. Sim suicida, porque não havia qualquer hipótese de eu matar o Aro, mesmo no meio de uma batalha!

Por muito distraído que ele estivesse, os guardas dariam conta do meu ataque e ficaria eu sem cabeça primeiro! Eu metia-me em cada embrulhada, sinceramente... Tinha agora duas missões para resolver num espaço de 24 horas: tinha de arranjar maneira de impedir a morte dos Cullen e respectivos lobos e tentar avisar Aro dos planos de Caius para o matar, sem o Caius perceber, ou a Jane. A minha sorte é que eu não durmo...tenho montes de tempo...uf.

 

Jacob

 

Estavamos todos em casa dos Cullen, como já era habitual. Finalmente os lobisomens começavam a socializar com os restantes elementos do nosso recente exército, assim como as duas tribos. Inicialmente tinham estado mais receosas porque apesar de terem poderes, não deixam de ser humanos e alguns dos vampiros que nos vieram ajudar bebem sangue humano. Era natural que tivessem medo de ser "comidos", mas esse receio rapidamente se desvaneceu.

Carlisle falou com o líder de cada tribo individualmente, explicando que podiam confiar em todos os indivíduos presentes na sua casa, pois eles tinham o cuidado de se alimentar regularmente, fora dos limites da cidade e se algum estivesse com uma recaída, que ele próprio guardava alguns sacos de sangue, que trazia do hospital para o seu frigorifico.

Isto pareceu acalmá-los um pouco e aos poucos começaram a dar-se com toda a gente. Neela continuava preocupada comigo mas parecia mais relaxada do que á uns dias atrás. Estávamos neste momento lá fora, sentados nuns bancos que se encontravam no alpendre das traseiras, com a Cam e o Hank. Neela estava com a cabeça sobre o meu ombro, enquanto brincava com a minha pulseira. Cam e Hank estavam nos bancos em frente de mãos dadas a conversar connosco.

Havia dias que não me sentia tão relaxado como estava naquele momento. Sabia bem ter uns momentos para conversar tranquilamente com os meus amigos, sem interrupção de nenhum vampiro vidente ou um lobisomem mais nervoso e principalmente sem pensar num grupo de vampiros a querer matar-nos a todos. Um momento dito normal. A Alice tinha-nos dito que a batalha se realizaria dentro de uma semana, pelo inicio da manhã, pelo que estávamos só á espera, por assim dizer. Apesar de aparentemente estar despreocupado (afinal não é nada pelo qual já não tenha passado) lá no fundo estava nervoso.

Não só por mim mas pelos meus amigos, pela minha princesa e pela minha familia, ou o que restava dela. Sabia perfeitamente que os Volturi iriam arranjar uma armada consideravelmente maior que a nossa, teria mais vampiros, mais poderes, mais hipoteses de emboscar um de nós que estivesse mais distraido... Nem queria pensar nisso. Não, nós iamos ganhar, tinhamos de ganhar. Não podia ser pessimista!

- Jake, estás a ouvir? - perguntou Cam, agitando uma mão diante dos meus olhos. Acordei do meu transe.

- Hum? Desculpa estava distraído. - respondi.

- Bem me parecia, estavas todo vidrado. Estava a dizer, que quando voltássemos para NY que devíamos ir ver o concerto dos U2. - repetiu.

- Cam sabes que é quase impossivel arranjar bilhetes não sabes? - respondi. Sempre que havia um concerto dos U2 em Nova Iorque esgotava numa questão de horas.

- Mas aí está a chave, "quase". Ou seja, não é impossível. - sorriu.

- Ok, mas és tu que vais para a fila! - disse eu.

- Oh peludo, não me vais deixar ir sozinha!! - reclamou. - Ainda por cima é em Dezembro vai estar mesmo frio... - fez beicinho. Suspirei.

- Ok, fine. Mas nada de por as mãos dentro da camisola! - disse-lhe, apontando um dedo na sua direcção, como se lhe tivesse a reclamar.

 

Rimo-nos. Sabia bem voltar a rir com eles.

Começou a ouvir-se uma ligeira agitação na sala e eu pensei que fosse outra discussão entre os vampiros e algum dos outros convidados, não seria a primeira vez esta semana, que isso acontecia. Levantei-me para ver o que se passava e os outros vieram atrás. Estavam todos na sala. Havia algo a movimentar-se no centro daquela massa de gente e eu espreitei por cima da cabeça de alguns. Vi Alice com cara de poucos amigos e o Edward a falar com Carlisle em surdina. Não podia ser coisa boa.

Debati-me contra os ombros de diversos corpos gelados e duros como pedra para passar, de modo a poder falar com Edward. No entanto, antes de conseguir acabar de atravessar a "multidão" um vampiro mais velho, um nómada deduzi, falou.

- Mas que raio se passa, podem dizer-nos? - perguntou, já impaciente.

- A data de partida dos Volturi mudou. - disse Alice, com um tom de voz duro.

- Ok, para quando então? Daqui a duas semanas, um mês? - perguntou Kate.

- Para depois de amanhã. Chegam ao final da tarde. - respondeu Edward.

 

Ps: Aqui deixo a 2ª parte, espero que tenham gostado

visto que os poucos que comentavam desapareceram

portanto não sei se está bem ou não...

Anyway, devo postar outra vez na quarta! Kiss*

publicado por Suky ♥ às 19:10
link do post | Light Me | favorito
13 Moonlights:
De Vitor a 5 de Dezembro de 2010 às 21:00
Estes Volturi não perdem tempo.Afinal o Caius quer matar o Aro para ficar com o trono e com o poder.
Pelo menos, a Alice teve uma visão e avisou os seus parentes. Assim terão tempo para se prepararem :)
Continua a escrever assim
Bjs de um amigo :D


De Suky ♥ a 5 de Dezembro de 2010 às 23:19
Thanks :) e a parte da acção está para breve :D Ainda tou a decidir como escrever essa parte O.o


De Vitor a 8 de Dezembro de 2010 às 13:24
Adorei mesmo o novo visual.
Está mesmo fantástico e bem conseguido. Tenho mesmo que te dar os parabéns :)
Bjs de um amigo :D

P.S- Na minha historieta, o Connor e a Rosemary vão falar finalmente (um pekenito presente por me teres avisado pelo novo visual) :D


De Filippa a 8 de Dezembro de 2010 às 15:00
Eu não desapareci (beicinho), eu simplesmente nunca consigo ver no grupo que sigo que tu já publicaste, quando lá vou já houve outros utilizadores que escreveram cenas no blog e o teu deixa de aparecer. Tens mesmo de me avisar! Porque eu AMO a tua fic, sou a maior fan dela :DD
Ai ai o 'meu' Navid está metido numa grande alhada, aquele rapaz só se mete nestas coisas! Mas ele vai arranjar uma solução que eu bem sei ^^ ele é muito inteligente hehehe :D
O visual do blog está LINDO! Foste tu que fizeste?


De Suky ♥ a 9 de Dezembro de 2010 às 12:52
Eu passo a comentar no teu blog a avisar que ja publiquei xD


De DiDi a 8 de Dezembro de 2010 às 21:13
O visual deste blog é lindo!!


De DiDi a 8 de Dezembro de 2010 às 21:14
Quando começares uma nova fic diz linda, para eu começar logo a ler... agora ja tenho mais tempinho ;)


De Suky ♥ a 9 de Dezembro de 2010 às 12:53
Esta está quase a acabar, portanto mal comece a escrever outra digo, ate porqe devo anunciar no outro blog, e esse visitas mais vezes, ficas logo a saber :)


De DiDi a 8 de Dezembro de 2010 às 21:16
o visual é mesmo lindo !! ;)


De Andrusca ღ a 20 de Dezembro de 2010 às 20:02
Que lool, a Cam quer ir ver os U2 xD
Eu também gosto, por acaso...
Adorei o capítulo.
Por hoje paro, porque já só há mais dois :'(
Quantos é que ainda falta postares?


De Andrusca ღ a 20 de Dezembro de 2010 às 20:08
Oh, pois está :'(


De Andrusca ღ a 20 de Dezembro de 2010 às 20:17
Ainda bem ^^


De Andrusca ღ a 20 de Dezembro de 2010 às 20:24
Seja sobre o que for, de certeza que vou gostar ^^


Comentar post

Copyrights including the content and design of this blog

.About Me

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Espiritos do Luar - Cap 6

. Espiritos do Luar - Cap 5

. Espiritos do Luar - Cap 4

.arquivos

.links

.Nuvens

estetica em
contador free