Espiritos do Luar é baseado nas histórias e lendas das tribos Cherokee, Wappo e Karok. Os nomes são inventados e a história em si é ficcionada.
Sexta-feira, 12 de Novembro de 2010

Midnight Howl - Cap 29

Navid

 

Passei a noite toda em claro, a pensar como raio ia contar o que tinha feito a Caius sem perder a cabeça. Claro que nós vampiros não dormimos mas vocês percebem a ideia... O dia tinha começado a aclarear e eu sentia-me cda vez mais agitado. Dentro de alguns minutos teria de ir falar com Caius... Odiava isto tudo e o pior é que não podia fugir!! Quando o relógio bateu as nove horas, respirei fundo e saí do quarto. Era agora ou nunca. Desci as escadas para o piso inferior e entrei na sala dos cadeirões. Lá estava Jane e Caius á minha espera como já imaginava. Jane estava com um ligeiro sorriso, completamente deliciada com esta situação toda... Cabra...

- Navid, a Jane disse-me que tinhas algo para me contar. - disse Caius, com a sua voz gélida.

- Sim...

 

Aproximei-me do seu cadeirão, permanecendo ao lado de Jane no sopé das escadas e paralisei. Ia ficar sem cabeça, já conseguia sentir as mãos poderosas de Caius a fazer-me isso num ápice... E se não contasse iria ser torturado por Jane. Nem sabia qual dos dois era pior, mas ficar sem cabeça era capaz de ser mais rápido e menos doloroso.

- Nestes ultimos dias não fui caçar. Menti-vos. - comecei. Jane sorriu.

- Então onde estiveste? - perguntou Caius, desconfiado.

- A Forks. - disse.

 

Houve um longo silêncio, no qual eu pude literalmente sentir as partículas do ar a vibrar com a fúria que se estava a acumular em Caius. Nem me atrevi a olhá-lo, com medo que só o seu olhar furioso me matasse. Caius então levantou-se e eu encolhi-me no meu sitio, nem me mexi... Era agora que ia ficar sem cabeça, já devia estar á espera. Era obvio que ele não ia ter piedade de mim, porque haveria de ter? Dentro de poucos meses teri alguém que me substituísse.

Caius caminhou em torno da sua cadeira com a mão a esfregar constantemente a sua testa pálida, como se estivesse a decidir o que fazer comigo. Depois parou e aproximou-se de mim. Olhei para ele e o seu olhar fulminou-me. Estava furioso comigo mas não me ia matar, conseguia perceber isso.

- Foste avisá-los meu miserável. - disse, baixo mas com um tom de pura raiva.

- Sim... - confirmei, num tom fraco. Houve mais um silencio.

- Sabes...és capaz de me ter feito um favor Navid. - disse, voltando a afastar-se, sentando-se no seu cadeirão. Estava confuso. Como lhe podia ter feito um favor se disse o seu plano aos lobos e aos Cullen?

- Como assim senhor? - perguntou Jane, igualmente confusa.

- Agora que eles sabem o que nós queremos, a probabilidade de eles virem ter connosco é nula. Portanto, vamos nós ter com eles. - disse, sorrindo maleficamente.

- Tenho receio de não o estar a compreender. Pensei que o plano todo de matar-mos um deles era para eles virem ter connosco porque nós não podemos ir ter com eles. - disse Jane.

- Sim mas aqui o nosso querido Navid vai contar a Aro que foi atacado por um lobo. - concluiu Caius.

- Porque haveria eu de fazer isso?? - perguntei eu.

- O meu irmão, cumpridor da lei como é, irá então para Forks com a nossa armada, para os matar. Foste ameaçado, é justificação suficiente para Aro.

- Mas ele nunca vai acreditar nisso.

- Vai sim, porque se não fores convincente podes dizer adeus a essa tua cabeça bonita. - disse Caius, com um olhar gélido que me fez encolher ainda mais. - Podes ir.

 

Virei costas e regressei ao meu quarto. Estava aliviado de não ter perdido a minha cabeça mas mais uma vez estava em risco de a perder. Aro era implacável quando lhe mentiam... Como raio lhe ia contar uma historia convincente?! Como é que iria justificar a minha ida a Forks para ser atacado por um lobo no primeiro lugar? Estava feito em picadinho, estava mesmo a ver...

Deitei-me na minha cama a olhar para o tecto a tentar pensar, mais uma vez, numa maneira de me livrar disto. Mas lá no fundo sabia que não havia escapatória possível. Lembrava-me do que Alice me tinha dito, que se precisasse que teria um local para onde fugir mas matavam-me antes de lá chegar. Teria de algum modo mentir a Aro e quando tivesse oportunidade contar-lhe a verdade, o que tornava a tarefa 3 vezes pior e mais difícil de concretizar.

A frustração era horrivel, odiava ter-me metido nesta situação toda. Porque raio concordei em ir a Forks matar o pobre homem em primeir lugar?! God sou mesmo idiota!! Levantei-me, passando as mãos ao longo do meu cabelo. Estava numa bela embrulhada...

 

Jacob

 

Fui com Cam, Neela e Hank a Port Angeles. Cam precisava de comprar umas coisas que faziam falta na casa do Charlie e Hank queria ver se arranjava uns livros portanto fomos todos para lá passar o dia. Tinha de admitir que a companhia dos meus amigos me fazia sentir excelente. Era como se nada tivesse acontecido. Mas sentia que algo muito pior ainda estava para acontecer...

- Estás bem amor? - perguntou Neela quando o Hank se afastou para ajudar a Cam com os produtos.

- Sim...só preocupado com isto tudo.

- Compreendo. Mas vai correr bem, vais ver. - sempre optimista a minha Neela.

- Não é assim tão fácil princesa. Tenho medo que te magoes. - confessei.

- Nada me vai acontecer, preocupaste demais sabes? - disse ela, silenciando-me as preocupações com um beijo.

- Ei pessoal arranjem um quarto. - brincou Hank e nós sorrimos.

- Já arranjaram tudo? - perguntei.

- Yup, já temos tudinho. - disse Cam, acabando de pagar as coisas que tinham comprado e regressámos a Forks.

 

O dia estava nublado com sempre mas estava abafado ao contrário do que era costume. Estava tempo de trovoada e os pêlos da nuca começavam a eriçar-se. Não estava muito longe.

Eu e Neela fomos para casa dos Cullen como fazíamos todas as tardes. Quando chegámos, Edward estava a tocar piano, Alice estava na conversa com Renesmee, Carlisle e Esme estavam na cozinha a falar e os restantes deviam ter ido caçar. Entrei de mão dada com Neela; apesar de ela saber que nenhum deles lhe faria mal, sabia que estar numa casa cheia de sanguessugas a deixava nervosa. Fomos para a sala onde estava Edward a tocar e sentámo-nos nos sofás, junto de Alice e Renesmee.

Estava a falar de moda (claro) com a sobrinha e Neela também se enfiou na conversa. Enquanto elas tagarelavam, eu aproveitei para me distrair com os meus pensamentos. Não sei quanto tempo tinha passado desde que me tinha isolado do mundo exterior mas acordei do meu transe quando ouvi a Neela a chamar por Alice, tentando acordá-la. Olhei para Alice e reparei que ela estava com o seu característico olhar de quando estava a ter uma visão e disse a Neela para não a perturbar.

Edward parou de tocar para se juntar a nós e Carlisle e Esme entraram na sala quando ouviram aquela agitação toda. Esperamos pacientemente durante 5 minutos até Alice sair do transe. Olhei para Edward, ele já sabia o que raio ela tinha visto e a sua cara não era das melhores. Mas o que raio tinha ela visto??

- Alice, o que viste? - perguntei. Ela estava em estado de choque tal como Edward.

- Alice, querida que viste? - perguntou Esme, rodeando os seus braços em volta dos ombros de Alice.

- Alice!! - pediu Renesmee impaciente.

- Eles vêm para cá... - respondeu Edward. - Os Volturi.

- O quê? Porquê?! - perguntei eu.

- Para nos matar. A todos.

 

PS: pronto fica aqui mais um pouco da historia :)

Espero que estejam a gostar, sei que há muitos fantasminhas que só

lêem e não comentam :P

Devo postar novamente no Domingo.

Bear Hugs**

sinto-me: mais ou menos
publicado por Suky ♥ às 22:32
link do post | Light Me | favorito
7 Moonlights:
De nyssa a 12 de Novembro de 2010 às 23:26
Vai haver luta estou mesmo a ver... e cheira-me que algumas cabeças vão rolar XD
Quando à cena dos fantasmas... bem, isso é geral XD também sei que tenho fantasmas a ler a minha história... acontece a todos ;)


De Suky ♥ a 12 de Novembro de 2010 às 23:27
Ya mas podiam comentar na mesma, por algum ar azão é que há a opção de ser anonimo xD


De nyssa a 12 de Novembro de 2010 às 23:54
Exacto, concordo.
E, que eu saiba, nós não mordemos XD


De Suky ♥ a 13 de Novembro de 2010 às 12:10
Mesmo ahahahah x)


De Alexa a 13 de Novembro de 2010 às 18:12
Dsclpa, eu sou um dos fantasminhas XD Mas agora já sou! Prometo a partir de hoje a comentar sempre que ler os teus capitulos!

Palavra de Alexandra :P

P.S. está maravilhosamente lindo, este capitulo e todos os outros|


De Suky ♥ a 13 de Novembro de 2010 às 19:04
:) é bom saber que estás a gostar!!


De Andrusca ღ a 14 de Dezembro de 2010 às 19:27
Correcção do comentário anterior: Odeio a Jane e o Caius!
A Alice a falar de moda? :o Big Choque xD (só a brincar, só a brincar)
Ui, isto agora sim, vai aquecer ^^
Mas por hoje fico por aqui, porque estou mesmo a ver que quando chegar ao último capítulo que postaste, vou querer mais e depois não tenho xD


Comentar post

Copyrights including the content and design of this blog

.About Me

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Espiritos do Luar - Cap 6

. Espiritos do Luar - Cap 5

. Espiritos do Luar - Cap 4

.arquivos

.links

.Nuvens

estetica em
contador free